ECOS, uma história tocante, cheia de música e sentimentos.

A honrada escritora Pam muñoz Ryan, teve seu livro ECOS publicado em 2015, com uma belíssima capa estampando a ilustração feita por Dinara Mirtalipova, que não poderia ter detalhes mais certos do que estes para representar a história desse tocante livro, que te deixa sem palavras em toda a leitura e com seu design explêndido. No Brasil, foi publicado pela editora Darkside.

ECOS, é uma fábula tocante, cheia de música e sentimentos transportados para leitor de maneiras tão únicas. Tudo é descrito pelo olhar de crianças, o que torna tudo ainda mais encantador e genuíno. Tem uma pitada de obscuridade, cada parte tem seu acontecimento histórico do momento, que mesmo sendo tudo muito mágico, podemos ver a realidade ali estampada. Dramas diversos, histórias e experiências vividas por muitos, e claro, o grande amor pela música e vida retratado com seu jeitinho especial. É um livro que te toca em cada detalhe e avanço que a leitura te proporciona.

Era uma vez uma criança que se perde em uma floresta enquanto brincava com seus amigos, acaba que acontece um encontro inusitado, entre Otto e as três irmãs de um reino muito antigo, expulsas por seu pai desde o nascimento e feitas de prisioneiras de uma bruxa. Otto inicia uma aventura ao encontrar-se com as jovens que, para ajudá-lo a encontrar seu caminho de volta para casa, pede em troca sua liberdade, que seria Otto levando-as dentro de uma gaita, com seus espíritos ali vivendo de uma maneira “livre” através da música que muito virá a ser compartilhada.

Anos depois esta mesma gaita é encontrada por Friedrich, na Alemanha, o personagem é uma criança com um amor imenso pela música, que se vê apaixonado pelo som que a tal gaita faz, nesta primeira parte da fábula, conta a história deste menino que vive em um período difícil, sendo controlado por um governo cada vez mais totalitarista e nazista. Conhecemos a história dele, os dramas na família e a dificuldade de viver nesta época. Nos aventuramos em seu amor e não tão possível  futuro com a música em meio os problemas. Em poucas páginas você consegue adquirir um enorme carinho pelo personagem, se aventurando completamente em seu destino, cheio de imprevistos e sonhos que muito pede para se tornarem real.

Na segunda parte, conhecemos Mike e Frankie, são dois irmãos órfãos que, após a morte de sua avó, são enviados para o mesmo orfanato, este sendo escolhido por sua própria avó, por um motivo especial: era o único orfanato para garotos com piano, e como esperado, o amor dessas duas crianças pela música é de um tamanho imenso. Cresceram rodeados por ela, e assim, continuam, mesmo após não terem mais ninguém, além de um ao outro. O amor que eles sentem pela música é encantador mas é ainda maior quando percebemos o carinho presente na relação dos dois, algo puro, que aquece o coração cada vez que avançamos na leitura, que por sinal, é fascinante; nos é contado então, a história de dois irmãos cuidando um do outro enquanto correm o risco de serem separados por conta de uma possível adoção. Segredos e o suspense de o que acontecerá na cena seguinte te deixa querendo saber mais, se importando cada vez mais com estas duas crianças, moldados pela música e o medo de um futuro incerto.

Confesso que vejo-me desolada e com uma dor no coração, querendo ler mais sobre a história de cada parte que era finalizado, a fábula continua e levando muito apenas a imaginação do leitor. A autora escreve seus personagens de uma maneira que faz com que ao ler você sinta um apego muito grande por eles, querendo protegê-los.

Ivy Mariz Lopez, uma criança cheia de vida e sonhos, ela quer tocar sua gaita, fazer sua música e ser reconhecida pelo seu valor. O país está em guerra, Ivy vê seus planos sendo interrompidos por mudanças repentinas, um irmão no exército, os pais agora cuidando de uma fazenda que muito pode ajudá-los a crescer, ela consegue agora ver uma possibilidade de um futuro mais aberto para ela. É retratado, uma luta por seus direitos, a força que a música lhe dá e possíveis sonhos se tornando reais, ela é uma menina encantadora, que muito se importa com sua família, o amor e união tocando-nos inteiramente a cada sequência de palavra.

Ligados pela música, linhas do destino se intercalando e sentimentos compartilhados de uma maneira única e reconfortante. É uma história muito real e ao mesmo tempo cheia de magia, e quando não precisamos de um pouco de magia? Música é sempre necessária, especialmente em momentos tão difíceis, nos dando força, como é mostrado em cada parte e histórias dos personagens.

Quando eu li a frase dita por um dos personagens, me tocou de um jeito tão real, pois é uma das mais puras verdade “Os corações estão feridos. Indivíduos que costumavam ser amigos não são mais. Vizinhos não são vizinhos. Durante uma guerra, as pessoas acham que precisam escolher um lado e jogar culpa no outro. Os corações ficam menores.”, isso me deixou sem palavras, mas a seguir veio o sinal de esperança que sempre precisamos e não podemos abandonar “Os corações são maiores do que pensamos”. E outra coisa também dito por um dos personagens: não importa quantas tristezas haja na vida, há quantidades iguais de “talvez as coisas melhorem em breve”. 

Destinos e caminhos cheios de possibilidades estará nos aguardando para serem experienciados de suas maneiras únicas, assim como a leitura deste maravilhoso livro, que me deixou tocada por magníficas histórias e personagens com suas personalidades encantadoras, é tudo muito envolvente! Aprendi sobre não desistir e acreditarmos no nosso potencial, por mais difícil que seja.

escrito por: AMY ROMERO

Autor: cafemono

a leitura é a minha maior forma de aprendizado e conforto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s